Postagem em destaque

PROPOSTAS E MODELOS - ENEM 2016

TODAS AS PROPOSTAS E MODELOS RELACIONADOS NESTA POSTAGEM SÃO DO AUTOR DO BLOG E NÃO PODEM SER COMERCIALIZADOS EM MATERIAL DIDÁTICO VIRTUAL ...

20 de ago de 2012

Exemplos de Introdução


Para o tema Valorização do Idoso, apresentamos alguns exemplos de introdução de texto dissertativo:

Introdução I

O envelhecimento é inerente ao ser humano, acarretando profundas transformações físicas e psicológicas ao longo dos anos. A gradual perda da visão e da audição, por exemplo, bem como a sujeição mais frequente a doenças, embora façam parte de um processo natural que pode afetar a vida de qualquer um, castigam  boa parte daqueles que adentram paulatinamente na velhice. No entanto, nada pode ser mais penoso para alguém de idade avançada do que sofrer com o preconceito.

Introdução II

Não é raro, no Brasil, encontrar idosos abandonados em asilos. Muitos caminham desorientadamente nos pátios dessas instituições, enquanto outros, sem tanta disposição ou capacidade, ficam largados em cadeiras e macas, ou soltos pelo chão, aparentemente esperando a vida cosumi-los por completo. São eles o exemplo incontestável de que o descaso e o preconceito com as pessoas mais velhas fazem parte da sociedade atual.

LEIA A REDAÇÃO COMPLETA E VEJA AS TÉCNICAS EMPREGADAS PARA DESENVOLVÊ-LA


Introdução III

Na mitologia grega, relata-se que o deus do tempo chamado Chronos alimentava-se dos próprios filhos. Essa alegoria, por mais fantasiosa que pareça, quando bem interpretada, apresenta uma verdade absoluta: o tempo submete todas as criaturas a sua vontade, debilitando-as pouco a pouco até que sejam por ele consumidas. Contudo, se nada pode ser feito contra ele, além de no máximo retardar seus efeitos, contra o preconceito, mal que tem subjugado muitos idosos, é possível, sim, fazer algo.


Introdução IV

O culto à juventude, à potência física e à capacidade produtiva do ser humano faz frequentemente suas vítimas. Entre estas, os idosos são os que comumente sofrem com o desprezo e desrespeito de pessoas que ignoram o fato de que elas mesmas um dia experimentarão a velhice. Sofrendo com o preconceito, muitos são lesados, maltratados, roubados e até agredidos por desconhecidos e parentes. Isso quando não são abandonados a todas as mazelas que naturalmente acompanham a velhice desamparada.

Nenhum comentário:

QUIZ: POR QUE OU POR QUÊ?

Havendo dificuldade em visualizar o quiz, clique no link abaixo: